Pular para o conteúdo principal

Polícia Civil apreende mais de 100 celulares em Caucaia



Uma investigação das equipes do 5º Distrito Policial levou à apreensão de mais de 100 aparelhos celulares de origem suspeita ou que apresentam restrição de roubo ou furto. Um comerciante que negociava os aparelhos em uma loja do Mercado Público de Caucaia foi preso em flagrante pelo crime de receptação qualificada, na manhã desta sexta-feira (8), na Área Integrada de Segurança 11 (AIS 11). A ação policial foi possível graças a uma vítima de furto que registrou um Boletim de Ocorrência, no 5º DP, no ano passado.
Com base no depoimento de uma vítima de furto, os policiais civis do 5º DP chegaram à localização do aparelho com uma outra pessoa, que disse em depoimento ter comprado o aparelho celular em uma loja, dentro do Mercado Público de Caucaia. Dando continuidade às apurações, os agentes chegaram à loja do comerciante Francisco Nei Rodrigues (40). Ele, que já tinha passagem pela Polícia por crime contra a propriedade imaterial por vender CDs e DVDs piratas, não apresentou nota fiscal dos celulares que estavam à venda na loja. Diante dos fatos, o comerciante foi levado para o 5º DP, junto com mais de 100 aparelhos.
Ainda na loja, três aparelhos foram verificados a partir dos números dos IMEI, sendo comprovadamente produtos com restrição de roubo ou furto. Até o final da tarde de hoje, quatro celulares apresentavam registro de impedimento. A Polícia Civil orienta as vítimas a comparecerem ao 5º DP com todos os dados que comprovem a titularidade dos celulares apreendidos para que sejam restituídos.
Orientação às vítimas
A Polícia Civil esclarece as vítimas de roubo ou furto de celular a se dirigirem a uma unidade policial para realizar um Boletim de Ocorrência. É necessário fornecer nome completo e CPF do titular da linha habilitada no aparelho subtraído, endereço, data e horário do crime, número do telefone e o número do IMEI do aparelho, quando possível. O procedimento também pode ser feito no site da Delegacia Eletrônica (http://www.delegaciaeletronica.ce.gov.br/)
Verificar situação do celular
Para consultar se o seu aparelho celular possui procedência legal, a Polícia Civil aconselha o usuário a acessar o site da Anatel e inserir os dados do IMEI do celular. Pelo link https://www.consultaserialaparelho.com.br/public-web/homeSiga, é possível verificar a situação do dispositivo. Se a pesquisa apresentar o resultado “até o momento o IMEI informado não possui restrições de uso” é sinal que o aparelho não possui restrição.
Como consultar o número de IMEI?
O IMEI pode ser encontrado na caixa do celular, no adesivo que fica por trás da bateria ou digitando *#06# no celular e apertando a tecla para ligar. Celulares com duas entradas para dois chips possuem dois números de IMEI, sendo necessário verificar em ambos os chips.

Por SSPDS 

MAIS LIDAS

PF combate grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (22) a Operação Nepsis para desarticular organização criminosa especializada no contrabando de cigarros e combater a corrupção policial que facilitava esses crimes nos estados de Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro e Alagoas. Cerca de 280 policiais federais de diversos estados foram às ruas para cumprir 35 mandados de prisão preventiva, oito mandados de prisão temporária, 12 suspensões de exercício de atividade policial e 43 mandados de busca e apreensão nos cinco estados. Entre os presos, além dos líderes e dos “gerentes” da organização criminosa, encontram-se policiais da Polícia Rodoviária Federal (PRF), da Polícia Militar e da Polícia Civil do Mato Grosso do Sul. Segundo a PF, a organização criminosa investigada formou um consórcio de grandes contrabandistas, com a criação de uma sofisticada rede de escoamento de cigarros contrabandeados do Paraguai pela fronteira do Mato Grosso do Sul. De acordo com as investigações, essa rede …

MPCE deflagra Operação “De Olho no Tanque” em Apuiarés, General Sampaio e Pentecoste

O Ministério Público do Estado do Ceará deflagrou, na manhã desta terça-feira (19/02), a Operação “De Olho no Tanque”, nas cidades de Apuiarés, General Sampaio e Pentecoste, com o objetivo de investigar a adulteração de combustíveis e a manipulação referente à diferença entre a quantidade vendida e o volume de gasolina, diesel e álcool adquirido pelos consumidores nos postos de gasolina dos referidos municípios. A Operação foi realizada por meio da Promotoria de Justiça de Pentecoste, comarcas vinculadas Apuiarés e General Sampaio, em conjunto com o Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon) e a Secretaria da Fazenda do Ceará (Sefaz). De acordo com o promotor de Justiça Jairo Pereira Pequeno Neto e com fiscais do Decon e da Sefaz, na ação fiscalizatória, bombas no município de Apuiarés foram lacradas e restou identificada a prática de sonegação de impostos no município de Pentecoste. Também foi verificada a qualidade dos combustíveis nas três cidades. Ao todo, foram fi…

GAECO oferece denúncia crime contra prefeito de Pedra Branca

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por intermédio da Promotoria de Justiça de Pedra Branca e do Grupo de Combate às Organizações Criminosas (GAECO), ofereceu, nesta quinta-feira (14/02), uma denúncia crime contra o prefeito do município de Pedra Branca, Antônio Góis Monteiro Mendes. Ele é acusado de ser um dos principais beneficiados num esquema milionário de fraudes em licitações, culminando no desvio de dinheiro público no âmbito da Prefeitura de Pedra Branca. Também foram denunciados seis investigados de envolvimento no esquema: o empresário, Paulo Franklin de Aragão Rodrigues; o ex-secretário Francisco Pontes Pereira (Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente); Marcílio Alcântara da Silva (SEDUMA); Juarez Frutuoso da Silva (Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente); o ex-servidor Paulo José Martins de Lima; e José Sérgio Azevedo Castelo (ex-assessor). As investigações do MPCE remontam aos exercícios financeiros de 2009 a 2013, quando o município de Pedra Branca e a empresa G…